Segunda-feira 14/06

A importância do e-commerce para a atenuação da crise

9 de abril de 2020
Compartilhe

Pedro Stein Cervo

 

Em um período de pandemia, nota-se que a dinamicidade da sociedade começa a se estagnar, trazendo uma incerteza acerca do futuro, que assombra aqueles que dependem do giro econômico para sobreviver (todos). Nesse momento, lacunas se abrem, a logística torna-se mais complicada e, o que era somente uma ferramenta extra, pode se tornar essencial para a manutenção dos empreendimentos.

Quando o contato deve ser restrito, medidas como a implementações do e-commerce podem ser extremamente úteis, visto que a tecnologia encurta caminhos e aproxima o consumidor do serviço, extinguindo muitas das lacunas criadas pela diminuição da mobilidade.

O conceito de e-commerce se aplica a qualquer modelo de negócio que conta com a transação virtual de dados, permitindo o trânsito de bens e serviços sem barreiras de tempo e distância. Portanto, pode ser considerado como um meio de atenuar os impactos da crise causados nos negócios.

Em um âmbito municipal, conta-se com a ferramenta “SmartCity”, desenvolvida por uma empresa horizontinense, que tem como objetivo estimular o comércio local. Com ela é possível criar uma interação rápida e eficiente entre ambas as partes (empresa e cliente), diminuindo os malefícios da pandemia.

É refutável o argumento de que a difusão da tecnologia e a conectividade são tendências, visto que isso já é uma realidade que agora, mais do que antes, é extremamente necessária. Considerando a grande influência tecnológica presente atualmente, por que não a utilizar ao seu favor?

voltar
© Copyright Todos os direitos reservados.