Quinta-feira 20/06

Alimentos vão ficar até 13,64% mais caros no Rio Grande do Sul

27 de março de 2024

A partir de 1° de Abril, diversos alimentos vão subir de preço no Rio Grande do Sul, quando passam a valer os cortes de benefícios fiscais definidos pelo governo do Estado. Alimentos como banana, tomate e ovos podem custar até 13,64%, com a nova alíquota. O executivo justifica a maior carga tributária pela necessidade de aumentar a arrecadação para melhorar a situação econômica “desafiadora” em que se encontra o RS.

De acordo com uma nota técnica divulgada pela Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul (Sefaz), produtos de hortifruti vão sofrer a maior variação, passando a custar 13,64% mais caro, seguidos pelas carnes, 5,68%, e o Arroz, 4,5%. Como exemplo, a nota traz a informação que um quilo de tomate passará a custar R$ 10,22, face aos R$ 8,99 que custa hoje.

Ainda segundo a Sefaz, a variação de preços se dá pelos maiores valores cobrados de ICMS. Diversos alimentos que descontavam 7% ou menos, passarão a pagar uma tarifa efetiva de 12% de seu preço neste imposto. Neste caso, se enquadram produtos como arroz, feijão, carnes, farinha de trigo, açúcar, café, leite UHT, hortifrutigranjeiros, ovos, pão, entre outros.

Fonte: Correio do Povo

voltar
© Copyright Todos os direitos reservados.
error: IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.