Segunda-feira 14/06

Esclarecimentos sobre pandemia da Covid-19

4 de junho de 2021
Compartilhe

O que é Profilaxia ou Tratamento Preventivo?

É um conjunto de medidas que busca barrar o surgimento e/ou a propagação de uma doença.

No caso da Covid-19, implica em seguir as orientações dos agentes sanitários e praticar o autocuidado (uso da máscara, distanciamento social, higienização das mãos com álcool 70%). Associado a isso, enfatiza-se a importância de fortalecer o sistema imunológico com consumo de alguns suplementos (Vitamina D3, Zinco, Vitamina C, entre outros).

Tais medidas, associadas a uma vida saudável, com exercícios físicos regulares, ingestão maior de água, alimentação saudável e o gerenciamento do stress podem evitar a doença ou as complicações decorrentes dela.

Também de forma preventiva, pode-se utilizar alguns antivirais como a ivermectina ou algum outro medicamento da escolha do seu médico de confiança.

Outra ação simples de prevenção que pode ser utilizada é a nebulização ou inalação de soro fisiológico com bicarbonato de sódio farmacêutico. Não deve ser usado o bicarbonato que se compra em mercado, porque é outra composição. Para a nebulização, coloca-se 3 gramas ou uma medida de meia colherinha de bicarbonato de sódio dentro de um frasco de 100 ml de soro fisiológico. Com essa solução, se faz a nebulização ou inalação até 3 vezes por dia.

Já se sabe que os vírus não suportam ambiente alcalino. Fazendo a nebulização, estaremos alcalinizando as vias respiratórias eliminando, assim, não só o vírus que causa a Covid-19, mas também outros vírus como o da gripe comum. Faça isso somente sob orientação do seu médico.

Tratamento no início dos sintomas

Caso você optar por iniciar o tratamento aos primeiros sinais, ou seja, até aproximadamente o 3º dia do início dos sintomas, você deve procurar imediatamente o atendimento médico, uma vez que é nessa fase que estará ocorrendo a multiplicação viral em seu organismo. Existem dezenas de estudos científicos, em várias partes do mundo, que mostram bons resultados na redução das complicações e hospitalizações pela Covid-19, utilizando-se Ivermectina, Hidroxicloroquina, Azitromicina, Nitazoxanida e outros medicamentos.

O uso destes fármacos depende da condição clínica de cada paciente. Por isso dá importância da avaliação médica logo no início dos sintomas.

Outros medicamentos tem o momento certo pra iniciar, como por exemplo, corticoides, anticoagulantes e bloqueadores dos receptores androgênicos.

O médico sempre é o profissional indicado para lhe orientar sobro o uso de todo e qualquer medicamento.

Quais são as fases da Covid-19? E o que acontece em cada fase?

Depois do contágio, a 1ª fase é a fase da multiplicação viral, normalmente os primeiros 5 dias de sintomas, quando o vírus se replica e se espalha pelo corpo.

Na segunda fase começa a inflamação.  É quando a Covid-19 deixa de ser uma doença viral e passa a ser uma doença inflamatória e potencialmente trombogênica, inclusive podendo causar lesões nas paredes dos vasos. A partir daí podem surgir também as complicações vasculares, com acometimento principalmente a nível pulmonar, com redução da saturação do oxigênio e da falta de ar progressiva. Essa fase acontece, aproximadamente, a partir do 6º ou 7º dia, onde há piora progressiva da síndrome de angústia respiratória e, em decorrência, em boa parte dos casos, faz-se necessária a hospitalização.

Esse quadro pode evoluir para uma 3ª fase, quando pode acontecer uma insuficiência respiratória que leve a necessidade de entubação e ventilação assistida em UTI’s.

Que tipo de sintomas posso associar ao Covid?

Qualquer sintoma gripal merece ser considerado como um potencial caso de Covid-19.

Alguns sinais iniciais mais comuns são coriza, tosse, congestão nasal, dor de cabeça, dor de garganta leve, garganta arranhada, dor atrás dos olhos, dor no corpo, cansaço, diarreia, febre, calafrio, perda do olfato e paladar.  Esses sintomas geralmente acontecem de 3 a 7 dias após a contaminação pelo novo coronavírus.

O que fazer quando aparecerem os primeiros sintomas?

Procure atendimento médico aos primeiros sintomas gripais. Se você deseja se tratar, o que é um direito de todos, solicite a receita do seu médico. Não espere pelo resultado do teste.

Quanto antes começar, mais chances terá de prevenir complicações ou uma possível necessidade de hospitalização.

Quais são os tipos de teste e o que cada um detecta?

Teste do swab nasal (esfregaço no nariz) – Esse teste detecta o vírus nas vias aéreas superiores entre os primeiros dias do início dos sintomas, normalmente.

RT-PCR – Também é um teste de swab nasal e orofaringe, que detecta a presença do vírus nas vias aéreas superiores, normalmente a partir do 3º dia dos sintomas.

Sorologia – exame de sangue – Esse exame detecta os anticorpos circulantes (IGM) a partir do 7º ou 10º dia do início dos sintomas. E também detecta os anticorpos (IGG), que são os anticorpos de quem já passou pela covid. Ele é detectado a partir do 15º dia em diante, podendo haver muitas oscilações.

Devo esperar o exame ficar pronto pra começar a tratar?

Não é recomendado. O início imediato do tratamento aos primeiros sintomas, reduz as possibilidades do aparecimento das complicações, porque os antivirais agem impedindo a replicação viral. Em pessoas mais suscetíveis (ou de risco) vai evitar o avanço pra fase 2.

Se começar o tratamento e o exame vier negativo, devo parar de tomar os medicamentos?

Não é recomendado. O tratamento deve ser finalizado, pois muitos exames podem ainda dar falso/negativo.

Quantos dias tenho que ficar em isolamento se eu estiver com Covid-19?

O padrão são 14 dias a partir do 1º dia dos sintomas.

É normal continuar com alguns sintomas após os 14 dias?

Sim, alguns dos sintomas citados podem persistir por mais algum tempo até que desapareçam.

Como posso melhorar dos sintomas pós-Covid?

Seria importante passar por uma avaliação médica e laboratorial para avaliar a sintomatologia pós Covid-19 e o grau de sequelas existentes. De posse desses resultados, o médico pode orientar um programa de recuperação focando num estilo de vida mais saudável e recomendar cuidado extra em caso de tratamento por alguma outra doença. Existem sim várias possiblidades terapêuticas pra tratar as sequelas do Covid-19.

Hoje já podemos falar que temos a cura da Covid-19?

Ainda não. O que temos são centenas de estudos com muitas evidências e observações clínicas de como essa doença funciona e como ela pode ser amenizada e tratada. O que existe é:

1º Profilaxia ou Medidas Preventivas

2º Tratamento Inicial aos primeiros sintomas

3º Tratamento das Complicações com possibilidade internação hospitalar e/ou UTI.

4º Tratamento de sequelas Pós-Covid-19

Além disto, já existem as vacinas. Estamos todos depositando muita esperança de termos um fim nesta pandemia com a imunização em massa. Porém, as vacinas estão em fase experimental, vai demorar ainda vários meses pra imunização em massa acontecer e também não sabemos ainda da sua eficácia e segurança. Por isso, consideramos que é o somatório de várias ações que vai proporcionar o retorno integral da atividade econômica, profissional, escolar, entre outras, e vai determinar o sucesso sobre a Covid-19.

 

voltar
© Copyright Todos os direitos reservados.