Segunda-feira 14/06

Estamos cansados, como recuperar nossas forças?

12 de maio de 2021
Compartilhe

Por Aline Riffel – Psicóloga e educadora

 

Estamos exaustos de tantas dificuldades que temos enfrentado diariamente.

São volumes elevados de trabalho, demanda em cima de demanda, cobrança em cima de cobrança.

Precisamos administrar todas as questões financeiras que estão angustiando e perturbando nosso sono, nossa qualidade de vida.

Sem contar a casa, que está sempre uma confusão, pois todos precisam dividir o mesmo espaço, o mesmo computador, aulas online, reuniões de trabalho, tarefas da casa. Uma verdadeira “muvuca”. Exigindo de nós níveis absurdos de tolerância, paciência e criatividade que nos esgotam.

Tudo isso acaba com a energia, não é mesmo. E resulta principalmente em brigas, estresse, e dificuldades em dormir.

Não dormimos, não descansamos, e vamos acumulando o cansaço dia após dia.

O desafio é: como recuperar as forças?

Dentre tudo que tenho lido, unindo diversas teorias e referenciais, resumo em Três Passos Fundamentais, básicos, que não podem deixar de estar presente em absolutamente todos os nossos dias:

Primeiro pense o que você pode mudar? Então, escreva e estruture estratégias para organizar o que for possível. O que você não pode mudar, não há com o que se ocupar, todo esforço será em vão, é necessário aceitar.

Em segundo lugar perdoe-se, isso mesmo. Ninguém tem condições de ser Super Homem ou Super Mulher, em algum momento vamos falhar, deixar de fazer algo, ou não fazer exatamente com a qualidade que desejamos. E está tudo bem! Você é um Ser Humano e merece acolher suas falhas e permitir deixar algumas coisas para trás.

E em terceiro lugar permita-se. Permita-se aceitar a bagunça, permita-se assistir, ler, contemplar a natureza, o céu, as nuvens, permita-se caminhar, andar de bicicleta, realizar atividades físicas, comer o que tiver vontade, com moderação.

A qualidade de vida começa pelas pequenas coisas e dentre elas estão: acolher e organizar seus sentimentos, suas coisas; perdoar-se por tudo que te incomoda; permitir a si mesmo realizar pequenos carinhos pessoais, cuidados e afetos.

Experimente realizar estes três passos e como consequência terá dias mais leves, noites mais tranquilas e um pouco menos de cansaço na conta.

Somos humanos, pois aprendemos a viver em comunidade, e para viver com outras pessoas precisamos aprender a cuidar uns dos outros. Esta é a maior evolução da humanidade e o nosso bem mais preciosos: o cuidado. Cuide de si, cuide de quem é especial para você, cuide do que é importante para você e seja feliz!

voltar
© Copyright Todos os direitos reservados.