Sexta-feira 26/02

Janeiro Branco – Como posso me sentir mais forte diante dos problemas?

2 de fevereiro de 2021
Compartilhe

 

Aline Riffel – Psicóloga e educadora

Muitas vezes a vida nos coloca em situações difíceis e desafiadoras e neste momento, sentimo-nos fracos, instáveis e sem a real certeza de que conseguiremos resolver esses problemas e seguir adiante.

Nos sentimos “sem forças”, e um profundo sentimento de impotência toma conta de cada parte de nós.

Nestes momentos é impossível acreditar que isso vai passar, a ansiedade nos domina e aí…

O QUE FAZER?

Primeiro é necessário que tenhamos a clareza que precisamos nos preparar para as adversidades, então, se você não está passando por um momento difícil, esta é a hora de construir novos hábitos para fortalecer-se e estar preparado para os novos desafios da vida.

Ou, se está nesta condição, acredite: Todos têm direito a saúde mental. A estabilidade. Ao equilíbrio. E principalmente a FORÇA para enfrentar as adversidades.

Além disso, acredite: esta FORÇA está dentro de você.

Bonito discurso né, mas, …. Como posso efetivamente me sentir mais forte?

Encontre um único “gatilho”… isso mesmo, algo que te desperte, que te reconecte com a realidade que existe dentro de você: pode ser uma música, uma oração/meditação, fazer sua comida favorita, uma longa e tranquila caminhada, visitar um lugar que você goste, assistir um filme divertido, ler poesias, pregar, martelar, reformar algo, fazer um trabalho artístico, enfim, o que fizer sentido para você, mas lembre-se é você com você mesmo.

Não se importe com o que os outros vão pensar, perceba apenas o que você está sentindo no momento. Permita-se sentir e desfrutar um tempo com você.

Simplesmente FAÇA, mesmo que cause estranheza para os outros, mesmo que você diga que não tem tempo, mesmo que alguém te critique. Fazer é sempre melhor do que acomodar-se e ser levado pelo que os outros esperam de você.

Respeite aquilo que é mais importante para sua vida, e reserve um tempinho, podem ser 5 minutos, para valorizar, honrar, aproveitar o que é realmente importante para você.

Mas para isso, provavelmente você precisará quebrar alguns pré-conceitos internos, terá que abandonar algumas “obrigações” que você aprendeu desde criança, e será necessário elencar prioridades. Respeite-se e encontrará um equilíbrio com o respeito que os outros tem por você.

E, para finalizar, o mais importante de tudo no mundo: “Eu não sou o que aconteceu comigo, eu sou o que eu escolhi me tornar.” (Carl Jung).

Escolha gerenciar sua vida e seu tempo como um exercício diário, como um novo hábito, aumente gradativamente esse domínio e logo compreenderá que não há problema no mundo capaz de te destruir se você estiver realmente consciente e compreendendo suas emoções.

Não crie expectativas, aproveite o que a vida tem a lhe oferecer como grandes aprendizados. E… sempre encontrará sua FORÇA! Sempre saberá se LEVANTAR!

voltar
© Copyright Todos os direitos reservados.